quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Três Teorias Gognitivas - Bruner, Piaget e Vygotsky





Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Faculdade de Educação
Disciplina: Aprendizagem
Professor: Pedro Humberto
Aluna: Anisia Sampaio Nascimento





Fichamento da Introdução do capítulo VII - Três Teorias Gognitivas - Bruner, Piaget e Vygotsky
In:
     Teorias da Aprendizagem - LEFRANÇOIS, Guy R., Cengage Learning, São Paulo-SP
Resumo das idéias de Bruner, Piaget e Vygotsky


Por:
        Anisia Sampaio Nascimento




Universidade do Estado do Rio de Janeiro
2012/01



Introdução

"A Velha Senhora parecia dormir, enrolada como um cachorro, na grama ao pé de uma fambroesa silvestre." ... (p 220)
"De repente um pássaro despencou do céu com um barulho de asas batendo, penas voaram; ele enroscou as garras delicadamente em torno do punho da Velha Senhora, que logo acordou. Sentou-se como se nunca se nunca tivesse dormido, sorriu para o falcão peregrino... . E então pôs o pássaro para voar com um grito agudo. 'Vá caçar'!... . Eu não sabia que a Velha Senhor treinava um falcão peregrino para caçar". (p 220)

Este capítulo

"'O que é um falcão para um pombo?' murmurou a Velha Senhora, pensativa. 'E o que é uma pessoa para um pombo?', prosseguiu. '...'. Terá o pombo um conceito de 'pessoas'? Será que consegue pensar coisas assim?". (p 220)

Objetivos

"'Diga aos seus leitores', recomendou a Velha Senhora, 'que essa é uma das questões que este capítulo responde ao focar tópicos da psicologia cognitiva,..."(p 221)

Psicologia Cognitiva

"Não é tarefa fácil para as pessoas perguntar aos pombos o que eles sabem e pensam.  Contudo, Hernstein, Loveland e Cable (1976) juntaram alguns desses pássaros pra tentar descobrir o que eles pensam das pessoas. ...". (p 221)
"Estudos como esses, destacam Medin e Ross (1992), apresentam desafios muito sérios às explicações às explicações behavioristas. Se os comportamentos mais simples dos animais não podem ser adequadamente explicados pelas noções behavioristas, presumivelmente, os comportamentos humanos mais complexos não o serão. Se até os animais desenvolvem conceitos e processos aparentes de pensamento, a psicologia devia se preocupar com esse aspecto da mesma forma que  o faz em relação a  comportamentos mais facilmente observados e descritos.  É aí que entra o cognitivismo, uma abordagem teórica da aprendizagem, envolvida primariamente com eventos intelectuais com,o solução de problemas, processamento da informação, pensamento e imaginação". (p 222 - 2º parágrafo)

Uma Comparação entre Cognitivismo e Behaviorismo
As Principais Diferenças entre Behaviorismo e Cognitivismo (p 223)

Behaviorismo
Cognitivismo
Conceitos Principais
Estímulos, respostas, reforçamento
Processos mentais superiores (pensamento, imaginação e solução de problemas)
Metáforas Principais
Qualidades mecânicas do funcionamento humano
Metáforas de processamento da informação e as baseadas em computador
Sujeito de Pesquisas Mais Comuns
Animais; algumas pesquisas com sujeitos humanos
Humanos; pesquisas com alguns animais não humanos
Objetivos Principais
Descobrir relações previsíveis entre estímulos, respostas e consequências das respostas
Fazer inferências úteis sobre os processos mentais que influenciam e determinam o comportamento
Amplitude das Teorias
Geralmente pretendem explicar todos os aspectos significativos do comportamento
Geralmente mais limitadas em amplitude; buscam explicar processos e comportamentos mais específicos
Teóricos Representativos
Watson, Pavlov, Guthrie, Skinner, Hull
Psicólogos da Gestalt, Bruner, Piaget, Vygotsky, teóricos conexionistas ...


A Metáfora Principal da Psicologia Cognitiva

"A metáfora dominante na psicologia cognitiva, ressaltam Massaro e Cowan (1993), é a do processamento da informação (PI) - que é, basicamente, uma metáfora baseada na linguagem do computador. Processamento da informação refere-se ao modo como a informação (input) é modificada ou alterada. A ênfase recai sobre processos perceptuais e conceituais que permitem ao percebedor perceber; determinam como o ator atua; e fundamentam pensamento, memorização, resolução de problemas etc.". (p 223)

Bruner, Piaget e Vygotsky

Bruner - Para Bruner o aprendiz é o principal participante do processo de aquisação do conhecimento. A instrução do aluno deve está relacionada a contextos e experiências pessoais. 


 Piaget - Para Piaget a estrutura cognitiva do sujeito é o ponto central dos diferentes níveis de desenvolvimento proporcionado pelas diversas atividade e situações desafiantes. Para ele é a cognição que diferencia o homem dos demais seres viventes.


Vygotsky - Para Vygotsky  a interação social é essencial para que haja um desenvolvimento cognitivo completo.  Segundo ele, também, há uma limitação a um certo potencial que varia de acordo com o intervalo de idade do sujeito e, a isto,  Vygotsky chama de Zona de Desenvolvimento proximal .



Anisia Sampaio do Nascimento
UERJ/2012/01





2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Blog Revelação 2012 - Vote de hoje até 08/01/2013

    http://www.facebook.com/events/490218071001068/

    Vote em um dos blogs abaixo:

    http://nascimento-educacao.blogspot.com/

    http://meioambiente-ecidadania.blogspot.com/

    http://xadrezparatodosetodas.blogspot.com.br/

    Visite o site "Juntos pela Sustentabilidade" e vote em um dos blogs acima citados. Endereço do site: http://aservicodoplaneta.blogspot.com.br/

    Obrigada,
    Anisia Nascimento

    ResponderExcluir