domingo, 14 de fevereiro de 2016

Ludwig Wittgenstein

Filósofo austríaco, Ludwig Wittgenstein nasceu a 26 de abril de 1889 em Viena (Áustria) e faleceu a 29 de abril de 1951, em Cambridge (Inglaterra). 
De origens abastadas, Wittgenstein estudou Engenharia na Alemanha e em Inglaterra, mas logo se interessou pelos fundamentos da matemática, o que o levou a estudar Filosofia na Universidade de Cambridge. 
O estalar da Primeira Guerra Mundial fez com que Wittgenstein se alistasse no Exército Austríaco, época em que escreveu muito do que viria a ser a sua única obra publicada em vida, o Tractatus Logico-Philosophicus (1922), que lhe valeu um doutoramento, mais tarde, e uma legitimação da sua qualidade como filósofo.
Após ter trabalhado como professor numa escola de província na Áustria, Wittgenstein regressou à Universidade de Cambridge, em 1929, como professor, época em que escreveu toda a sua obra que apenas viria a ser publicada após a morte.
Wittgenstein abordou muitas questões essenciais sobre a linguagem e sobre o significado, imortalizadas nas máximas: 

«Os limites da minha linguagem são os limites do meu mundo.»
«O significado de uma palavra refere-se apenas ao uso que lhe é atribuído em determinado jogo de linguagem.»
«Ao buscar o sentido de uma palavra, não olhem para dentro de vós. Olhem para a utilização dessa palavra no contexto da vossa vida.»
«A filosofia é apenas um produto da incompreensão da linguagem.»

Sendo uma das figuras mais influentes na filosofia inglesa, produziu o sistema original da filosofia da linguagem. Defendia inicialmente que as palavras representam coisas, segundo acordo social. No entanto, acabou por rejeitar essa ideia. Passou a acreditar que o uso era mais importante do que a convenção. Mais tarde, começou a ter uma visão antropológica da linguagem, defendendo que as palavras são utilizadas de acordo com as diferentes regras das várias atividades humanas.
Philosophical Investigations (1953)outro dos seus trabalhos, postumamente publicados, aborda as relações entre a lógica e a linguagem.
Discípulo de B. Russel e amigo de Gottlob Frege, Wittgstein tornou-se num dos maiores génios do século XX e um dos nomes mais reputados da filosofia da linguagem, da lógica e da matemática .
Como referenciar: in Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2016. [consult. 2016-02-14 13:33:51]. Disponível na Internet: 

5 comentários:

  1. http://linguaportuguesa-anisianascimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. http://nascimento-educacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. https://www.youtube.com/watch?v=Z0OwsDEqOgM

    ResponderExcluir
  4. https://la-linguistique.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. https://www.youtube.com/watch?v=1BQTjJcTLec

    ResponderExcluir